Análise Técnica por Fausto de Arruda Botelho
 


São Paulo, 13 de Julho de 2006

O Ibovespa reverteu a tendência de alta iniciada em Maio de 2005 e deve cair mais 22,5%.
Por Fausto de Arruda Botelho


Reprodução permitida desde que integral.
Veja aqui a análise anterior de 01/03/06


O gráfico abaixo (Ibovespa a vista indexado em dolar e escala logarítmica) mostra a alta iniciada em maio de 2005, que estou classificando como sendo a onda 3 da tendência de alta primária iniciada em outubro de 2002.

Acredito que a alta das últimas semanas foi apenas um movimento de retorno à reta suporte (azul contínua no gráfico abaixo). Este movimento de retorno (pull back) confirma em meu entender que esta reta foi rompida e portanto que este movimento foi revertido e que os preços caminham agora para seu objetivo inicial de baixa a US$ 12.500,00 que com o dolar de hoje a 2,20 corresponde a R$ 27.500,00.

O eventual rompimento da resistência a 38.000 vista no gráfico abaixo (US$ 17.400,00) anularia a análise acima e indicaria novo teste do topo principal de maio.

Boa sorte nos mercados,

 

Cordialmente


 

Fausto de Arruda Botelho CFTe; CNPI
Certified Financial Technician – IFTA
Certificado Nacional de Profissionais de Investimento - registrado na CVM
Diretor Geral da Enfoque Informações Financeiras Ltda. (Enfoque).

Em conformidade com as disposições da Instrução CVM nº 388, eu Fausto de Arruda Botelho, analista de investimento responsável pela elaboração deste relatório declaro que:

  • 1. As análises e recomendações refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais, às quais foram realizadas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à (Enfoque).
  • 2. Não mantenho vínculo com qualquer pessoa natural que atue no âmbito das companhias cujos valores mobiliiários foram alvo de análise neste Relatório.
  • 3. A Enfoque não administra fundos, carteiras e clubes de investimentos
  • 4. A Enfoque não possui participação acionária direta ou indireta, igual ou superior a 1% (um por cento) do capital social de quaisquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo de análise neste relatório.
  • 5. A Enfoque não está envolvida  na aquisição , alienação ou intermediação de valores mobiliários objeto de análise neste relatório.
  • 6. Não sou titular, direta ou indiretamente, de valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto da análise neste Relatório, que representem 5% (cinco por cento) ou mais de meu patrimônio pessoal, e não estou envolvido na aquisição, alienação e intermediação de tais valores mobiliários no mercado.
  • 7. Nem eu nem a Enfoque recebemos remuneração por serviços prestados e não temos relações comerciais com qualquer das companhias cujos valores mobiliários foram alvo da análise neste relatório, ou pessoa natural ou pessoa jurídica, fundo ou universalidade de direitos, que atue representando o mesmo interesse desta(s) companhia(s).
  • 8. Minha remuneração não está, atrelada à precificação de quaisquer dos valores mobiliários de emissão da(s) companhia(s) objeto de análise neste Relatório, nem às eventuais receitas provenientes dos negócios e operações financeiras realizadas pela Enfoque com esta(s) companhia(s).